Velo-City (Utópica?)

Toda vez que vejo uma reportagem sobre o uso de bicicletas nas cidades, leio com interesse não só pelo motivo óbivio, mas também para tentar entender como as pessoas que não são ciclistas encaram o tema... No Brasil, infelizmente, com um pouco de descaso.

No nosso país o carro é, infelizmente, um grande indicador de status. E nessa onda, quem anda de bicicleta é mané.

A gente que é menos míope, sabe que não tem nada disso. Sabe que se mais gente pedalasse pra ir ao trabalho, à escola, ao dentista, menos gente perderia 3 horas do dia no trânsito, menos gente estaria acima do peso, menos anti-depressivos seriam vendidos, menos gases poluentes seriam lançados na atmosfera e lálálá.


Mas o Brasil não passou por guerras, nem tem que produzir no verão o que vai consumir no inverno e assim aprender a se planejar a longo prazo. Não aprendeu a trabalhar pelo bem comum, e na política do "cada um por si", dentro do carro ou do ônibus, a gente está certamente mais seguro que em cima da bicicleta.

Somos enfim, um país jovem, pra não dizer imaturo.

Essa reflexão se formou com clareza (e tristeza) durante minha visita à Velo-City, uma conferência mundial que trata da bicicleta como meio de transporte. Governos, industria, urbanistas, ONGs e militantes se encontram uma vez por ano para discutir o futuro da vida nas cidades e o que a bicicleta pode fazer por ela.


Esse ano a conferência aconteceu em Vancouver, no Canadá. Fui como representante da UCI, anotei vorazmente no meu caderninho tudo aquilo que achava interessante, deixei a cabeça borbulhar com idéias de como integrar um plano de mobilidade urbana com a organização de um evento de ciclismo de elite numa cidade e tals.



Mas meu coração ia de uma palestra à outra meio murchinho, sabendo que para o Brasil de hoje, tudo que se dizia ali ainda é utopia :(


Diz aí: um dia vai, não vai?


Comentários

  1. Vai vai vai!
    Não tenho duvidas disso! Eu do lado de cá vejo muitas melhorias, como vc disse, a gente ainda engatinha (hum..talvez ainda dentro da barriga) mas as melhorias que estão acontecendo pró bike são cada vez maiores. A sementinha já está plantada e cada vez mais as pessoas estão adquirindo a vontade de fazer essa sementinha crescer! Eu digo que vai!
    Vai demorar um pouco, mas vai!
    Com a ajuda de todos será mais depressa!
    =) beijos

    ResponderExcluir
  2. CRISTIANE PEREIRA1 de agosto de 2012 14:08

    Nossa, estou encantada com a sua jornada. estava pesquisando sobre algunas países e não sei porque entrou o seu blog. Parabéns !!!
    Sou uma adepta a bicicleta no rio de janeiro e acredito que agora muitas pessoas já estejam aderindo muito mais. Isso graças ao Itaú e sua tirada, mas ainda somos, como vc mesma diz, garotos, adolescentes e ainda temos muito o que aprender. Estou aprendendo com vc tbm....

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas